"A SEÇÃO REGIONAL DA IPA EM SÃO PAULO NÃO AUTORIZA A UTILIZAÇÃO DE SEU NOME, ABREVIATURA, EMBLEMAS E LOGOTIPO, BEM COMO REQUISITAR OU DOAR, E SOMENTE SERÁ REPRESENTADA POR SEUS DIRETORES E/OU POR PESSOAS EXPRESSAMENTE AUTORIZADAS PELA PRESIDÊNCIA " .
IPA-Consultora Special do Conselho Econômico e Social da ONU, do Conselho Europeu, da OEA e da UNESCO e Mantendo cooperação com a EUROPOL
 
Condecoração
 

PROFESSORES DA ACADEMIA DE POLÍCIA SÃO CONDECORADOS COM A MEDALHA “COMBATENTE DA FORÇA PÚBLICA” , PELO INSTITUTO HISTÓRICO MILITAR DE SÃO PAULO

Em concorrida solenidade realizada no dia 20/9/2018, nas dependências do Instituto de Engenharia de São Paulo, na presença de altas autoridades federais, estaduais e municipais, realizou-se a cerimônia de condecoração de diversas personalidades com a comenda “Combatente da Força Pública”.

Entre os mais de 50 agraciados civis e militares, estavam os dez professores da Academia de Polícia de São Paulo que escreveram os Manuais de Polícia Judiciária e Operacional do Policial Civil, por escolha e designação da Delegacia Geral de Polícia, sob coordenação do Professor Carlos Alberto Marchi de Queiroz.

Receberam a honrosa condecoração os professores Antonio Rossi dos Santos, Augusto Silva Carrasco, Bertha Fernanda Paschoalik, Carlos Alberto Marchi de Queiroz, Dilermando Queiroz Filho, Haroldo Ferreira, Jaqueline Makovski de Oliveira Bariani, Jarim Lopes Roseira, Miriam Pereira Batista, os dois diretores da época, Drs. Roberto Maurício Genofre e Tabajara Novazzi Pinto, além do ex-Delegado Geral, Dr. Maurício José Lemos Freire, todos presentes.

Entre os componentes da Mesa estavam, além dos presidentes do Instituto de Engenharia de São Paulo (anfitrião) e do Instituto Histórico Militar, o General de Brigada diretor de Área de Saúde do Comando Militar do Sudeste; a Cel. Chefe da Casa Militar do Governo de São Paulo e a Procuradora de Justiça Eliana Passarelli.

Conquanto o evento não tivesse qualquer conotação política, o Exmo. Sr. General de Brigada, em enérgico discurso alertou que o Exército Brasileiro não admitirá qualquer tipo de radicalização no processo eleitoral que se avizinha.

Já a Procuradora de Justiça chamou a atenção para os poderes concedidos pela Constituição ao presidente da República, entre os quais estão os de conceder indulto e comutar penas.

Executaram os hinos e canções pertinentes ao ato cívico-militar as bandas da Guarda Civil Metropolitana e dos Arautos do Evangelho.

Os professores distinguidos agradeceram ao Engenheiro João Manoel de Oliveira Reis, pela deferência e empenho, inclusive na condecoração de outros policiais civis que se destacaram no cumprimento do dever funcional.

JLR/.


Resolução SS-159 de 15/12/2005 : "Dispõe sobre o Gerenciamento de Pessoas Não Identificadas Civilmente nas Unidades de Saúde participantes, conveniadas e não conveniadas do SUS - Sistema Único de Saúde"

IPA Houses foram criadas em vários países para o benefício dos membros e suas famílias.
Para informações completas e detalhes de contato, visite nosso site IPA House ou contacte a sua Seção Nacional.

Site:http://ipa-iac.org/houses

Gimborn Castle, na Alemanha, é a bandeira da  Associação Internacional de Polícia.É o IPA's International Conference Centre em seminários, conferências e reuniões. "Gimborn Castel" é um lugar muito conhecido, onde os policiais de todas as categorias se encontram, para trocar experiências e aprender, um centro de estudos da IPA
Offial site:http://ipa-iac.org/en

Veja o video oque é a I.P.A.
International Police Association


IPA - WORLD POLICE PRIZE
Veja mais >>

"SERVO PER AMIKECO" - "A SERVIÇO DO BEM, GUARDIÃES DA PAZ"

(Letra e Música do Hino da IPA em espanhol)
http://www.youtube.com/watch?v=GYNS-4CL9w4&feature=youtu.be

Dicas de Segurança, matérias extraidas do site da Polícia Civil do Estado de São Paulo.
Veja mais >>
Ouça um pouco a bela canção: O Bom Pastor
 
Com este título, o Professor Carlos Alberto Marchi de Queiroz trouxe a lume uma obra de grande valor, contendo uma visão histórica da instituição policial civil, desde a sua criação até os dias atuais, com reflexos na Polícia Judiciária Brasileira. Veja mais >>
Obra de autoria do Dr. José Guilherme Raymundo, Delegado de Polícia aposentado, sócio da IPA, ex-Inspetor da Guarda Civil do Estado de São Paulo, ex-Inspetor Chefe de Agrupamento da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo e ex-Comandante da Guarda Civil de Guarulhos.

No livro o autor presta uma justa homenagem às Guardas Civis Municipais do Brasil, corporações que a cada dia conquistam a admiração e o respeito do povo brasileiro.